segunda-feira, dezembro 12, 2005

Dia-a-Dia no Trabalho Parte 2: Hora do Almoço

Ao lado do escritório existe um clube de hóquei que, por sua vez, possui o único local para comer e beber num raio de 1,5 Km. Obviamente é minha escala obrigatória na hora do almoço.
O proprietário, Vaso Miralovic, é uma figura intrigante: Iugoslavo, enxadrista, apaixonado por futebol brasileiro, capoeira e axé-bundinha.
Mesmo se não tenho fome me desloco até a cafeteria do Vaso mesmo que seja só pra tomar uma café. As vezes tempero o café com "Stepovic", uma pinga sérvia a base de ameixa.
Por horas a fio, Vaso é capaz de dissertar sobre todos os técnicos, jogadores e clubes brasileiros de futebol. Como fica muito feio eu dizer que não sei nada de futebol brasileiro ( salvo que o Coríntias subornou a arbitagem e ganhou roubando do Internacional o título de campeão brasileiro desse ano), faço pesquisas no site da CBF para não fazer feio na conversa.
Mas não só de futebol vive a sede de saber desse sérvio. Quase todos os dias ele me pede explicação sócio-politico-cultural sobre o Brasil. Já dei até aula sobre capoeira no salão da cafeteria e, enquanto todos cantavam "paranauê, paranauê parana.." (previamente ensaiados por mim), eu fazia gingas de capoeira e dava chutes no ar para mostrar a eficácia da arte marcial brasileira. Episódio deprimente de se ver. Eu parecia uma garça ferida mas, diante aos olhos incrédulos de Vaso e sua trupe, eu era uma verdadeira onça guerreira: todos aplaudiram eufóricos a brava demonstraçao !
Sexta dia 23 tem festa brasileira por lá. Eu, na minha nobre função de embaixador cultural do Brasil, pirateei o filme "Rei Pelé" e estou montando uma refinada seleção de mp3 para o evento. Compramos garrafas e mais garrafas de pinga e eu poderei expor meus dotes de barman preparando caipirinha pra trupe.
A única coisa que me preocupa realmente é quando me pego digitando "Negritude Jr" ou "Netinho" no Kazaa para formar minha seleção musical para o dia da festa. Sinto um cheiro de "fim dos tempos"em tudo isso.

6 Comments:

At 3:00 PM, Blogger Tiago said...

Mas todo brasileiro quando vai morar em outro lugar sente um estranho orgulho do Brasil? E se vai reforçar o estereótipo do brasileiro boa-vida, leva pelo menos uma mulata de verdade pra sambar na festa...hehehe...

Abraços!

 
At 2:30 AM, Anonymous Guda said...

E se for para explicar o Brasil em partições, não esqueça de mostrar como se dança uma bela chula lá pros lados dos pampas...
beijos
Gu

 
At 3:59 AM, Anonymous Anônimo said...

Carrrrrrma, Joey! Estou finalizando relatorio de pesquisa e nao estou com criatividade para escrever - assim que terminar tudo eu escrevo sobre minha viagem a Nasa, aos outlets de san Marcos, minhas fotos, esquisitices da tv americana e um monte de coisas que estao na minha cabeca ha quase 4 meses. Take it easy, dude!
and thanks for reading!
see y'all!
karina

 
At 9:54 AM, Anonymous Joe Bass said...

Tiago meu meninão, não tem nada de orgulho não. Os europeus tem muita curiosidade sobre o Brasil por isso voce acaba se interessando também. To treinando em casa uns passinhos do Coisinha de Jesus pra sambar na festa. Imagine se eu vou pagar uma mulata ...

 
At 2:19 AM, Anonymous Eric "Gere" Zanchetta said...

Hey Joe
Quer dizer que és novo embaixador do pagode e do Axé aí das orópas?
Lindo de ver! Não esperava mais de vc, anyway...
Se a gente não se falar, Um Natal bem alcoólico prá vc, e um Ano Novo com bastante... como dizer... bom... com bastante... Ah, deixa prá lá!

 
At 4:58 PM, Anonymous Elaine said...

Bom, tava com saudade de ler tuas aventuras..ninguem e de ferro. Situaçao socio politica do Brasil...hahaha...conta que vc ja pensou muito em revoluçao, pelo menos discutindo comigo...e o pt agora vai cobrar dos filiados a sacanagem nacional...vou fugir daqui. Te cuida de novo, bebemore bastante e nao esquece nao...ass. Sua tiazinha corintiana e revolucionaria

 

Postar um comentário

<< Home