terça-feira, janeiro 10, 2006

Dia-a-Dia no Trabalho - Fazendo Amiguinhos

Estou eu na cafeteria do escritório enchendo a cara de chá e lendo um jornal para matar o tempo quando surge um gordinho com cara de "Zé Bundinha" que eu nunca tinha visto por lá, serve-se de café e senta-se na minha mesa sorridente com cara de "voce quer ser meu amiguinho?". Olho por cima do jornal e imediatamente os olhares se cruzam. Ele me disse bom dia, eu reciproquei e na mesma hora pensei: "Pronto! Só falta agora esse gordo puxar papo..."*

(* Sim, eu sei que sou um grosso. "Coitado do Zé Bundin.. ooops, do gordinho!", alguns dirão. O fato é que eu sou um verdadeiro pára-raio de chato.
Tomem como exemplo um aeroporto onde duas mil pessoas esperam há dias a pista de decolagem reabrir após uma tempestade de neve. Certamente o cara mais chato do mundo virá conversar comigo e não desgrudará até o momento em que ele seja chamado para embarcar no seu maldito vôo. O pior é que é sempre "o" chato e não "a" chata. Se alguma vez eu fosse azucrinado por uma mulher chata eu certamente a convidaria para encher a cara no bar do aeroporto e na sequência eu a levaria pra cama como forma de compensação moral e psiquica mas isso nunca aconteceu e nem nunca acontecerá.
Se eu tiver que fazer uma viagem de ônibus por cinco dias consecutivos cruzando o Brasil de norte a sul eu já sei de antemão que o acaso vai colocar um chato insone para me fazer companhia todo o trajeto.
Só para frisar, eu tive uma empresa durante dois anos onde eu ganhei mais dinheiro do que nunca mas, obviamente, eu tinha um sócio chato. Não somente chato mas uma das pessoas mais chatas e asqueirosas do mundo. Resultado: nem todo o dinheiro do mundo pagaria a desintegração do meu saco, fechei a empresa e me mudei pra Londres onde fui dividir um apartamento com outra pessoa chata e asqueirosa por quase seis meses.
Bom, vamos deixar esse papo chato pra lá e voltar ao gordinho Zé Bundinha.*)

Ávido para puxar papo, o gordo começou a conversa muito mal:

- Voce é argentino, né?

Respirei fundo, cantei meu mantra tibetano mentalmente tres vezes, coloquei meu dedo indicador delicadamente na ponta do nariz do gordo escroto e respondi:

- Escute o que eu vou te dizer pois eu só direi isso uma vez: Nunca, mas nunca mesmo, de jeito absolutamente nenhum confunda um brasileiro com uma merda de um argentino. Se voce seguir esse meu conselho voce poderá ter uma sobrevida maior e conservar boa parte dos teus dentes.

O gordinho pediu desculpas envergonhado e se retraiu, eu continuei minha leitura ressabiado pois sabia que aquele mala iria continuar querendo puxar papo.

- Voce é arquiteto, né?
- Sim, sou. (Não falei que ele iria tentar novamente?)
- Em qual projeto voce tá trabalhando?
- Glaxo Smith Klein.
- Tá gostando?
- Tô. (Caralho, ele não vai desgrudar mesmo...)

Após meio minuto de silencio, resolvi continuar o papo para não parecer tão antipatico:

- Voce tambem é arquiteto?
- Não, eu sou economista.
- Economista? E voce faz o que aqui???



... foi assim que eu conheci o novo diretor-geral da empresa.

3 Comments:

At 4:10 PM, Anonymous O primo do Joe (um entre os 2 que lêem seus relatos!) said...

Estimado Primo!
Lembre-se que:
Um Zé Bundinha é o cara que tenta sair para a Balada mas não come ninguém, Toma cerveja e passa mau, vê mulher e se mija de medo, etc...
Dessa forma, sobram poucas atividades sócio-culturais a serem realizadas.
Lembre-se também que o Zé Bundinha foi demasiadamente zoando durante os longos e fatídicos anos escolares. Juntando tudo isso...
Aos Zés Bundinha só resta enfiar a cara no trabalho, virando um escravo moderno por pura opção. Em vista disso, seguindo a lógica, o Zé Bundinha tornasse DIRETOR.
ATENÇÃO: Quando um Zé Bundinha atinge este estágio, em muitos casos eles querem se vingar por tudo o que sofreram. Aliás, esse negócio de ficar falando com você é apenas o início do processo! Como bom zoador, você deveria se perguntar se não existe uma facção dos Zé Bundinhas no seu encalço!
Abraço

 
At 7:00 PM, Anonymous Abraão said...

ทุก ๆ คน, รวมทั้งคุณ, สามารถช่วยเขียนวิกิพีเดียได้! เพียงพิมพ์ชื่อเรื่องที่คุณต้องการเขียนลงในกล่องข้างล่างนี้, แล้วคลิก "สร้างบทความ", แล้วเริ่มเขียนได้เลย:

 
At 9:26 PM, Anonymous Anônimo said...

Tio !
è a primeira vez que lei um Blog ( ou qquer coisa do nível)
Mas foi legal para matar saudades das suas pérolas literárias.
Beijos Tio
TioBecha

 

Postar um comentário

<< Home