segunda-feira, fevereiro 26, 2007

Minha vida Tarantínica


Estávamos, num desses dias, almoçando eu e duas colegas de trabalho gostosinhas e de seios arrebitados. Entre uma garfada e outra eu contava um episódio de minha vida para delírio e enjôo de uma platéia que aos poucos foi se juntanto à mesa querendo acompanhar a narrativa.
Deu-se então que a platéia começou a escolher um diretor de cinema para dirigir um filme sobre minha vida e o resultado foi apertado: 8 votos para Quentin Tarantino e 6 votos para Ed Wood.Teremos tempo para comentar futuramente sobre o assunto.
Qual história vocês querem primeiro:

1) Do dia em que eu perdi o dedão da mão direita numa festa de casamento e fiz o médico do PS militar passar mal

2) Do dia em que eu transformei o carro da minha mãma em conversível e fiquei chorando sangue

3) Do dia em que, sempre alcolizado, eu arranquei o portão de casa com meu carro sob olhares reprovativos de meu pai

4) Do dia em que eu tentei roubar um cone, a puliça me pegou e sodomizou meu ser

5) Qualquer uma das dezenas de ocasiões que eu dormi no volante e causei pânico e destruição

6) N.D.A.

7 Comments:

At 7:40 PM, Blogger Talita Flower said...

eu acho que vc tem que fazer por partes e contar todas pois são muito interessantes...

 
At 7:42 PM, Blogger Joe Bass said...

Hahaha Talita, se eu contar tudo de uma só vez ninguem volta mais aqui.

 
At 11:35 AM, Blogger Talita Flower said...

Imagina!!! Bom, então acho que vc poderia começar pela história do dedão!!! Abs

 
At 12:16 PM, Anonymous Fab Fucker said...

Hum...não sabia q tu e o Lula tinham algo em comum...

 
At 4:28 AM, Anonymous Guda said...

Conta da noitada que você fez em Porto Alegre com uns petistas, quando quase comeu a irmã do Taffarel num CTG e depois bateu no apartamento errado para desonra da sua família.

 
At 4:35 AM, Anonymous Guda said...

Ah, e eu iria sugerir o Scorsese pra dirigir, mas agora ele tá hypado...

 
At 2:02 AM, Anonymous Anônimo said...

JOey...Tarantino, com certeza. Véio, virei douuutôuuura!!!! Agora é Catarina, a Grande Doutora, viu só?
Beijão
Karina

 

Postar um comentário

<< Home