terça-feira, junho 06, 2006

London, London ...


Pois como eu havia dito, fui passar uns dias em Londres com meu mano para refrescar as idéias e curtir um pouco as boas farras que em toda a puta de minha vida nunca foram tão intensas como minhas farras em Londres.
Foi bom voltar para lá como turista endinheirado. Deus sabe o quanto eu pastei naquela cidade.
Fiz questão de visitar ex-empregadores e antigos amigos de calvários.
Não pude deixar de ir jantar no "Abeno" e rever meus colegas japas de trabalho . Não pude deixar de comer meu yakisoba de porco para lembrar os dias em que esse mísero prato era minha única refeição do dia.
Para minha tristeza, constatei que a internet boqueta que eu prestava serviços como homem-placa fechou.
Para minha tristeza o puteiro "Pink Pussy Cat" situado just em frente do "Red Lion Pub" fechou também e bebi uma nostálgica cerveja em homenagem ao meu amigo Fab Fucker sem contemplar o rebolado semi-nú de uma dezena de putinhas decadentes que tentavam atrair alguns pobres coitados para dentro do puteiro pulguento.
Triste realidade a metamorfose do mundo. Que deus proteja as putas do PPC* e nossas boas lembranças dos bons tempos.
Em tempo: o pulgueiro fedido que íamos às sextas para curtir "Manuella and the Music Makers" continua lá. Tomei uma cerva com meu amigo Brian e soube que a Manuella foi banida do espaço artístico por possuir um "caráter instável". (Maior cachaceira essa Manuella, o "caráter instável" dela foi o mesmo vilão que me baniu dos palcos há anos atrás).

PS: Não poderia deixar de dizer que o boteco "Red Lion Pub" em Londres foi o point de encontro de Karl Marx , Friedrich Engels e seu simpatizantes. O manifesto comunista foi assinado em uma sala anexa ao pub no andar superior que guarda uma coleção de fotos do histórico dia bem como a mobília original na mesma disposição do evento.
Vejam só: eu, um direitista conservator, TFP, UDN, Opus Dei, sentando meu nobre traseiro no mesmo local onde um monte de comunista colaram seus rabos sujos para ficar discutindo merda e lançar um manifesto intelectual sobre tal.
Com licença, vou até o banheiro lavar a bunda e já volto.



2 Comments:

At 6:00 PM, Anonymous Fab Fucker said...

Agora eu entendo a frase: "As coisas nunca serão como antes!"
Estava no lugar certo, na hora certa...e com as pessoas certas!
Brother to brother...to the end of life!

 
At 9:59 PM, Anonymous Joe Bass said...

Bratza do Brata, ainda bem que deu tempo de conhecer todos e tudo isso.

 

Postar um comentário

<< Home